Marcus Garvey.

Compartilhe:
Em 17 de agosto de 1887 nasce Marcus Mosiah Garvey, mais conhecido como Marcus Garvey.
Garvey era jamaicano ativista e, considerado um dos maiores no movimento Nacionalista Negro. Tem seu nome conhecido na história Preta Jamaicana por sua grande Luta pela liberdade e igualdade ao povo Preto, a desigualdade fez Garvey viajar o mundo em busca de conhecimento e, em 1910 com 23 anos, partiu para a América Central, Onde teve conhecimento sobre a cultura Africana que despertou ainda mais o interesse entre a situação da qual vivia o povo preto, percebendo que não só na África, mais no mundo a desigualdade era muito mais que presente.
No mesmo ano conheceu líderes do movimento Pan-Africano, movimento da qual propunhavam o Reencontro das diferentes etnias e Reagrupavam o povo de cor.
Marcus Garvey ganhou seguidores pelo seu idealismo de "Redenção a África".
Fundou em agosto de 1914 a AUPN ( Associação universal para o Progresso Negro ) Eo lema era, Um Deus, Uma inspiração, um Destino. Onde pretendia Criar uma Única Nação Preta Independente.
Garvey se tornou uma das pessoas mais poderosas da América e também um dos mais odiados. Foi rotulado como uma ameaça a segurança Nacional pelo Governo Nacional
Sua luta inspirou Nomes importantes na Luta pela Igualdade Social, como Malcolm X, Martin Luther King que também eram ativistas.
Se tornou ainda mais importante no movimento ( Ras Tafari ) Pela sua Profecia que anunciava a previsão de um Rei Negro que seria Coroado na África, e esse Rei seria o líder de conduzir o Povo Preto do Mundo a Redenção.
E em 1930 ( Ras Tafari Tafari Mokonnen ) foi proclamado Rei da Etiópia.
Onde o cantor de Reggae mais famoso dos tempos, Bob Marley, o chamou de Rei dos Reis, Senhor dos Senhores e conquistador da tribo de Judar.
Ras Tafari adotou o nome Haile Selassie, e foi considerado por alguns a própria encarnação de Deus.
Marcus Garvey Foi um Revolucionário, muito importante, e apesar de ter uma morte consecutiva de dois Derrames, em 10 de julho 1940, tem seu nome lembrado até hoje.
Sua Luta é inspiração, e persiste até hoje.
Nos ensinou que devemos lutar pela igualdade e nos unimos, porque somos 1.
1 povo preto, e é preciso persistir.
#Preto #Revolucinario
#Inspiracao. Marcus Mosiah Garvey.
Compartilhe:

Cultura

Fazer um comentário: