A seleção Angolano estreia-se hoje no CAN

Compartilhe:
A seleção de Angola estreia-se este domingo no CAN de 2012, defrontando o Burkina Faso, às 20 horas de Angola, na primeira jornada do Grupo B.
O selecionador Lito Vidigal pode dar-se por contente, porque Angola é das poucas seleções sem problemas relacionados com lesões, limitações físicas ou até castigos a cumprir na estreia. Por outro lado, o grupo dá sinais de união e alegria no trabalho. Dá também sinais de alguma ansiedade, mas nada que ultrapasse os parâmetros normais nestas situações.
E até o presidente da Federação, Pedro Neto, já chegou para dar moral. Tal como uma excursão organizada pelo Movimento Nacional Espontâneo, com cerca de 500 angolanos para fazer claque no jogo.

Síndrome da estreia
O primeiro grande desafio de Angola vai ser superar a maldição da estreia. Ou seja, em cinco CAN que já disputou, nunca Angola conseguiu vencer o primeiro jogo. Perdeu com Egito (1996) e Camarões (2006); empatou com África do Sul (1998 e 2008) e Mali (2010).
A teoria de maldição ganhou contornos quase dramáticos no último CAN, que Angola organizou. Isto porque estava a ganhar 4-0 a um quarto de hora de final do jogo e... acabou por empatar 4-4. Algo raramente visto no futebol.
Ganhar o jogo de estreia, além da quebra da maldição, tem neste CAN uma importância suplementar em função do claro favoritismo da Costa do Marfim. Se a teoria vingar, Drogba e companhia são favoritos, pelo que há apenas mais uma vaga para os quartos-de-final. Ganhar ao Burkina Faso era colocar um pé... e meio no apuramento.

Dois confrontos na história
A partida desta noite entre Angola e Burkina Faso, que terá lugar no Estádio de Malabo, com capacidade para 15250 espectadores, será apenas a segunda entre estas duas seleções, que mediram forças pela última vez há precisamente dez anos.
O saldo não podia ser mais equilibrado. Uma vitória para cada um, com os Palancas a levarem vantagem apenas nos golos. Angola venceu em Luanda a Janeiro de 2011, por 2-0, e perdeu em Ouagadougou, em Março, pela margem mínima. Jogava-se então a qualificação para o CAN de 2002.

Fonte: Abola.pt
Compartilhe:

Cultura

Desporto

Fazer um comentário: