Kid Mc: Estou Envergonhado Lesliana

Compartilhe:
Kid Mc é o Rapper, Talentoso, que Tem o Suporte De Uma Máquina Gigantesca De Propaganda, comanda Pelo Samurai.


O Rapper que movimenta multidões por onde passa, resolveu sair do silêncio e sai em defesa da sua musica “Angolana” do seu mais recente Álbum “O incorrigível” onde faz duras criticas a mulher Angolana. E para se defender das criticas das mulheres ele lembra o episodio do programa do Jó onde ele diz estar envergonhado, e que ela deu um show, afirmou também que o papel de Lesly e da outra jovem ( Leila Lopes) foi triste e pergunta se as mulheres ainda terão coragem de o dizer que ele mentiu.

“Recebi críticas de muitas mulheres por causa da música Angolana, está música que pertence a minha mais recente obra discográfica intitulada O Incorrigível. As mulheres disseram que estou a ser muito radical com elas e que muitas coisas que eu disse na música não são reais etc. Depois do show que a Lesliana Pereira deu no programa do Jó vocês ainda terão a petulância e a coragem de dizer que menti na faixa com o título Angolana? A Lesliana é uma das representantes da mulher Angolana na diáspora, é extremamente triste o papel que ela e a outra jovem fizeram no programa. Eu juro de pés juntos que ate o meu irmão de 12 anos sabe que máxima é coração em kimbundo, e sinceramente me pareceu que o Jó Soares sabia o significado da palavra muxima e estava a insistir para mostrar aos Angolanos o tamanho da Ignorância...Estou Envergonhado Lesliana.” O Rapper continua :

“Ela chegou ate a dizer que o Kimbundo é oriundo do centro de Angola, coisa totalmente absurda porque o centro de Angola é o Huambo e nesta região sempre se falou o Umbundo e nunca o Kimbundo...Muxima foi o erro top de gama e super. exagerado porque em Angola isso esta na boca de toda gente ate as crianças sabem. Se andou a falar bem eu não sei mas te confesso que para se representar um país como Angola que possui uma diversidade cultural é necessário mais cultura...Existem erros

De um Click e Baixa a Track
Compartilhe:

Fazer um comentário: